Educação infantil no plano municipal de educação de Jataí/Goiás: vicissitudes e conquistas

Camila Alberto Vicente de Oliveira, Fernando Silva dos Santos

Resumo


A educação infantil, primeira etapa da educação básica, inegavelmente, é entendida como um momento decisivo da formação escolar e humana das futuras gerações. Tomando por base esse pressuposto, o presente texto objetiva apresentar e debater resultados de uma pesquisa acerca da abordagem dada à educação infantil no Plano Municipal de Educação (PME) do município de Jataí – GO. Tratou-se de pesquisa documental, de viés qualitativo, e teve como corpus empírico a versão do PME construído pela sociedade organizada e a versão que foi aprovada pelo Poder Legislativo e sancionada pelo Poder Executivo em 2015. As análises realizadas, durante o desenvolvimento da investigação, nos permitem afirmar que as mudanças significativas dessas duas versões revelam muitas vicissitudes e algumas conquistas no que se refere à educação infantil ofertada pelo e no município apontando, sobretudo, para a desqualificação da participação da sociedade na formulação das políticas educacionais locais.


Palavras-chave


Educação infantil. Plano municipal de educação. Política educacional.

Texto completo:

PDF

Referências


BORDIGNON, G. Gestão da Educação no Município: sistema, conselho e plano. São Paulo: Ed. e Livraria Instituto Paulo Freire, 2009.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm. Acesso em: 20 mar. 2019.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 20 mar. 2019.

BRASIL. Lei nº 13.005 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação - PNE e dá outras providências. Disponível em: http://pne.mec.gov.br/18-planos-subnacionais-de-educacao/543-plano-nacional-de-educacao-lei-n-13-005-2014. Acesso em: 27 mar. 2019.

DIAZ BORDENAVE, J. E. O que é participação. 8. ed. São Paulo: Ed. Brasiliense, 1994.

FREITAS. Helena Costa Lopes de. Formação de professores no Brasil: 10 anos de embate entre projetos de formação. Educação e Sociedade, v. 23, n. 80, Campinas, set. /2002, p. 136-167. Disponível em: http://www.cedes.unicamp.br. Acesso em 20 mar. 2019.

JATAÍ. Lei nº 3.708 de 26 de junho de 2015. Aprova o Plano Municipal de Educação – PME para o próximo decênio, e dá outras providências. Diário Oficial Eletrônico do Município de Jataí, Jataí, GO, ano 3, n. 516, p. 1-22, jun 2015. Disponível em: http://sislegis.camarajatai.go.gov.br/portal/seeker?iddoc=5049. Acesso em: 20 de abril de 2018.

JATAÍ. Secretaria Municipal de Educação. Plano Municipal de Educação 2015-2025 [mimeo]. Jataí: Grupo Gestor do Plano Municipal de Educação, 2015.

LAKATOS, E.M. MARCONI, M.A. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas 2003.

MELLO, E.M.B.; LUCE, M.B. Avanços na descontinuidade? A política de valorização dos professores na rede estadual do Rio Grande do Sul. Políticas Educativas – PolEd, [S.I]. v. 4, n.2, p. 32-45, Porto Alegre, 2011. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/Poled/article/view/27013. Acesso em: 20 mar. 2019.

OLIVEIRA, D.A. Política Educacional. In: OLIVEIRA, D.A.; DUARTE, A.M.C.; VIEIRA, L.M.F. Dicionário: trabalho, profissão e condição docente. Belo Horizonte: UFMG/Faculdade de Educação, 2010. CDROM.

OLIVEIRA, R.T.C. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional: tramitação legislativa e aspectos principais. Nuances, v. 4, n. 4, Presidente Prudente, Set. 1998. Disponível em: http://revista.fct.unesp.br/index.php/Nuances/article/download/70/72. Acesso em: Acesso em: 20 mar. 2019.

PEREZ, J.R.R.. Por que pesquisar implementação de políticas educacionais atualmente? In: Educação e Sociedade, Campinas, v. 31, n. 113, p. 1179-1193, out.-dez. 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v31n113/07.pdf. Acesso em: 20 mar. 2019.

SHIROMA, E.O.; CAMPOS, R.F.; GARCIA, R.M.C. Decifrar textos para compreender a política: subsídios teórico-metodológicos para análise de documentos. In: Perspectiva, Florianópolis, v. 23, n. 02, p. 427-446, jul./dez. 2005. Disponível em: http://www.ced.ufsc.br/nucleos/nup/perspectiva.html. Acesso em 20 mar. 2019.

TRIVIÑOS, A.N.S. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.




DOI: https://doi.org/10.24115/S2446-6220201953686p.57-66

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

 

Esta obra está licenciado com uma Licença CreativeCommons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

ISSN:2446-6220

Indexadores/Indexing

 SEER - Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas *Google Acadêmico * Worldcat - Laplage em Revista * Diadorim * DOAJLatindex *Journal TOCS  *Livre - Revistas de Acesso Livre *Sumarios.org  *Portal de Periódicos CAPES/MEC *Open Academic Journal Index - OAJI *BASE - Bielefeld Academic Research Engine *Portal de Periódicos da UFSCAR *REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico) *MIAR- Information Matrix for the Analysis of Journals *Catálogo Colectivo do Reino Unido (COPAC) *ZDB - Catálogo Coletivo (Alemanha) *SHERPA ROMEO - Open Acess to research *Ulrichweb Global Serials Directory *RCAAP -Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal *ERIH PLUS - European Reference Index for the Humanities and the Social Sciences *ROAD - Directory of Open Acess Schorlay Resources *ISSN - International Standard Serial Number  (international Centre) - CLASE - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades - Clarivate Analytics (WEB OF SCIENCE)- Edubase (SBU/UNICAMP) - IRESIE - REDALYC