A educação social ao serviço das trajetórias dos indivíduos e das comunidades: práticas educacionais e desafios constantes

Florbela Samagaio

Resumo


Considerando as transformações sociais ocorridas no século XIX, este artigo propõe um olhar cruzado entre a Pedagogia Social e a Sociologia na construção do conhecimento sobre a intervenção socioeducativa, cujo domínio de atuação tem vindo a ganhar terreno enquanto prática de  trabalho social nos últimos anos em Portugal. Neste sentido, o artigo procura apresentar a Educação Social como uma  prática de trabalho única e original, partindo das problemáticas sociais singulares,   conjugando as perspetivas social e educativa num olhar diferenciador face às  mesmas. Procura-se salientar a potencialidade  da Educação Não Formal na conceção  de políticas educacionais inovadoras na medida em que se ajustam às exigências sentidas no (i)mediato  no contexto das realidades sociais. Destaca-se fundamentalmente o caráter dinâmico inerente à prática socioeducativa para o qual se convoca a noção de trajetória de mudança ao serviço dos indivíduos e das comunidades.


Palavras-chave


Educação Social. Educação não formal. Trajetórias. Projetos.

Texto completo:

PDF (Português (Portugal))

Referências


ANDER-EGG, E.; IDANEZ, M.J.A. Diagnóstico social: conceitos e metodologias. Porto: ICSA, 2008. Disponível em: https://www.eapn.pt/.../130/caderno-12-diagnostico-social-conceitos-e-metodologias. Acesso em: 30 mar. 2019.

BACHELARD, G. Le rationalisme appliqué. Paris: PUF, 1975.

BAPTISTA, I. Educador social - especialistas de mãos vazias . Revista A Página da Educação, nº 94, 2000. Disponível em: https://www.apagina.pt/?aba=7&cat=94&doc=8139&mid=2. Acesso em: 30 mar. 2019.

BECK, U. A sociedade do risco em busca da segurança perdida. Lisboa: Edições 70, 2015.

BOUTINET, J . Antroplogia do projeto. Lisboa: Artmed Editora, 2002.

COOMBS, P. H. La crise mondiale de l’éducation. Une Analyse des Systèmes. Paris: P.U.F., 1973.

COOMBS, P.; AHAMED, M. Attacking rural poverty: how nonformal education can help. Baltimore: John Hopkins University Press, 1974.

COSTA, A. B. Exclusões sociais. Lisboa: Gradiva, 1998.

CARRERAS, J.S. La Construcción de la Pedagogia Social: algunas vías de aproximación. In: PETRUS, A. (coord.). Pedagogia Social. Barcelona: Ariel Educación, 1997, p. 40-66.

CARIDE, J. A. Las fronteras de la pedagogia social. Perspectivas científica e histórica. Barcelona: Gedisa. 2005.

CARIDE, J.A.; FREITAS, O.; CALLEJAS, G. Educação e Desenvolvimento Comunitário Local – Perspectivas pedagógicas e sociais de sustentabilidade. Maia: Profedições, 2007.

DUBAR, C. Trajetórias sociais e formas identitárias: alguns esclarecimentos conceituais e metodológico. Revista Educação e Sociedade, vol. 19, nº 62. Campinas 1998 Disponível em: https://pt.scribd.com/document/327919458/DUBAR-Trajetorias-Sociais-e-Formas-Identitarias. Acesso em: 30 mar. 2019.

DURKHEIM, E. Educação e sociologia. Lisboa: Edições 70, 2007.

DURKHEIM, E. Da divisão do trabalho social. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

FERNANDES, A.T. O conhecimento sociológico. Porto: Brasília Editora, 1983.

FERNANDÉZ, X.M.C. Intervenção Comunitária e Práticas de Inclusão. Saber & Educar, n.º14, 2009.

GORDON, D. & SPICKER, P. The international glossary on poverty. London: CROP Publications, Zed Books, 1998.

GUERRA, I. Fundamentos e principios de uma sociologia para a acção. Cascais: Principia, 2000.

HESPANHA, P. Políticas Sociais: novas abordagens novos desafios. Revista de Ciências Sociais, vol.39, n.1, 2008 p.5-15. Disponível em http://hdl.handle.net/10316/10865. Acesso em: 30 mar. 2019.

LAMARQUE, G. L’exclusion. Paris: PUF, 1995.

MASLOW, A. H. A theory of human motivation. 1943. Disponível em: http://psychclassics.yorku.ca/Maslow/motivation.htm. Acesso em: 30 mar. 2019.

MARSHALL, T.H. Cidadania, classe social e status. Rio de Janeiro: Zahar, 1967.

MILLS, C. W. A Imaginação sociológica. 1ª edição. Tradução de W. Dutra. Rio de Janeiro: Zahar, 1965.

MENEZES, I. Intervenção comunitária: uma perspectiva psicológica. Oliveira de Azeméis: Livpsic, 2010.

ROSANVALLON, P. La nouvelle question sociale, repenser l’etat-providence. Paris: Seuil, 1995.

ROGERS, A. Non-formal education – flexible schooling or participatory education? Hong Kong: Kluwer Academic Publishers, 2004.

ROOM, G. Trajectories of social exclusion: the wider context for the third and first worlds. In: GORDON, D. e TOWNSEND, P. Breadline Europe: the measurement of poverty. Bristol: The Policy Press, 2000, p. 407- 439.

RUBINGTON, E. E WEINBERG, M. S. The study of social problems. Seven perspectives. New York: Oxford University Press

SERRANO, G.P. Origen y evolución de La Pedagogia Social. Revista Interuniversitária vol.9, dezembro, 2002, p.193-231.

SERRANO, G.P. Investigación en Educación Social. Metodologias. In: PETRUS , A. (coord.). Pedagogia Social. Barcelona: Ariel Educación, 1997, p. 373-401.

SERRRANO, G.P. Elaboração de projetos sociais: casos práticos. Porto: Porto Editora, 2008.

SAMAGAIO, F. Pobreza e exclusões. mundos plurais, olhares singulares. Faro: Sílabas e Desafios, 2017.

SOUSA, L.; HESPANHA, P.; RODRIGUES, S. e GRILO, P. Famílias pobres: desafios à intervenção social. Lisboa: CLIMEPSI Editores, 2007.

TRILLA-BERNET, J. La educación fuera de la escuela – ámbitos no formales y educación social. Barcelona:Ariel Educación, 2003.




DOI: https://doi.org/10.24115/S2446-6220201952660p.21-35

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

 

Esta obra está licenciado com uma Licença CreativeCommons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

ISSN:2446-6220

Indexadores/Indexing

 SEER - Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas *Google Acadêmico * Worldcat - Laplage em Revista * Diadorim * DOAJLatindex *Journal TOCS  *Livre - Revistas de Acesso Livre *Sumarios.org  *Portal de Periódicos CAPES/MEC *Open Academic Journal Index - OAJI *BASE - Bielefeld Academic Research Engine *Portal de Periódicos da UFSCAR *REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico) *MIAR- Information Matrix for the Analysis of Journals *Catálogo Colectivo do Reino Unido (COPAC) *ZDB - Catálogo Coletivo (Alemanha) *SHERPA ROMEO - Open Acess to research *Ulrichweb Global Serials Directory *RCAAP -Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal *ERIH PLUS - European Reference Index for the Humanities and the Social Sciences *ROAD - Directory of Open Acess Schorlay Resources *ISSN - International Standard Serial Number  (international Centre) - CLASE - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades - Clarivate Analytics (WEB OF SCIENCE)- Edubase (SBU/UNICAMP) - IRESIE - REDALYC