A educação no contexto de crise do capital e as relações entre estado, mercado e terceiro setor nas políticas educacionais

Maria Raquel Caetano

Resumo


Este artigo analisa as relações entre o público e o privado no contexto de crise do capital em que se utiliza como estratégia o repasse das políticas de educação para o Terceiro Setor Mercantil. A educação entrou definitivamente para a agenda empresarial brasileira baseada na crença da maior eficiência e qualidade com o objetivo de garantir a igualdade de oportunidade a todos. Dessa forma, o trabalho apresenta um movimento educacional organizado pelo empresariado que visa dar a direção da política e as reformas da educação no atual contexto histórico, político e social.

Palavras-chave


Políticas educacionais; Terceiro Setor; Mercado; Estado; Todos Pela Educação

Texto completo:

PDF

Referências


BALL. S. Educação Global S.A. Novas redes políticas e o imaginário neoliberal. Ponta Grossa, UEPG, 2014.

BALL, S; OLMEDO, A. A Nova Filantropia, o Capitalismo Social e as Redes de Políticas Globais em Educação. In: PERONI, Vera Maria Vidal (Org.). Redefinições das Fronteiras entre o Público e o Privado: implicações para a democratização da educação. Brasília: Líber Livro, 2013. P. 33-47.

BALL, S.; JUNEMANN, C. Networks, New Governance and Education. Bristol: Policy Press, 2012.

BRASIL. Ministério da Administração e Reforma do Estado (MARE). Plano Diretor da Reforma do Aparelho de Estado. Brasília, 1995.

BRESSER-PEREIRA. L. C.; GRAU. N. C. Entre o Estado e o Mercado :o público não estatal. In Bresser-Pereira.L.C. e Nuria Cunill Grau(org). O Público Não-Estatal na Reforma do Estado. Rio de Janeiro: Editora FGV, 1999: 15-48.

CAETANO, M. R. O Ensino Médio no Brasil e o Instituto UNIBANCO: um caso de privatização da educação pública e as implicações para o trabalho docente. Revista Educação e Emancipação, v. 9, p. 122-139, 2016.

CAETANO, M. R. Ensino Médio no Brasil e privatização do público: o caso do Instituto Unibanco. Universidade e Sociedade, Brasília, v. XXIV, p. 84-99, 2015.

CIAVATTA. M. Estudos Comparados: sua epistemologia e sua historicidade. Trabalho, Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v. 7, p. 129-151, 2009.

FERREIRA, R. Las Desigualdades Educativas En América Latina. Sintesis Del Estudo Del Brasil. Foro Latinoamericano de Políticas Educativas – FLAPE , 2009. Disponível em: . Acesso em: 21.10.2017.

FREITAS, L.C. de.Os empresários e a política educacional: como o proclamado direito à educação de qualidade é negado na prática pelos reformadores empresariais. Germinal: Marxismo e Educação em Debate, Salvador, v. 6, n. 1, p. 48-59, jun. 2014.

FREITAS, L.C. de. Crítica da Organização do Trabalho Pedagógico e da Didática. 7. ed. Campinas-SP: Papirus, 2005.

GAWRYSZEWSKI, B., MOTTA. V. C. da , PUTZKE. C. K. Gestão privada de escolas públicas da Educação Básica: um novo mercado sob a tutela do Estado. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v. 12, n. 3, p. 728-748, set./dez. 2017.

GIDDENS, A. A Terceira Via: reflexões sobre o impasse político atual e o futuro da social-democracia. Rio de Janeiro: Record, 2001.

GRAMSCI. A. Os intelectuais e a organização da cultura. Tradução de Carlos Nelson Coutinho. 8. ed. Rio de Janeiro-RJ: Civilização Brasileira, 1991.

HARVEY, D. O Neoliberalismo: história e implicações. São Paulo: Loyola, 2008.

______________. O enigma do capital e as crises do capitalismo. São Paulo: Boitempo, 2011

LIMA, Licínio C. Apresentação dossiê – Privatização da educação no contexto da(s) "Terceira(s) Via(s)”: uma caracterização em análise. Currículo Sem Fronteiras, v. 13, n. 2, p. 177-181, maio/ago. 2013.

MARTINS, André Silva. “A educação básica no século XXI: o projeto do organismo ‘Todos pela Educação’”, Práxis Educativa, v.4, n.1, Ponta Grossa, jan-jun. 2009, pp.21-28.

MARTINS, André Silva. Estratégias burguesas de obtenção do consenso nos anos de neoliberalismo da Terceira Via. In. NEVES, Lúcia Maria Wanderley. (Org.). A nova pedagogia da hegemonia. Estratégias do capital para educar para o consenso. São Paulo: Xamã, 2005.

MÉZSÁROS, István. Crise estrutural necessita de mudança estrutural. Conferência de Abertura do II Encontro de São Lazaro. Salvador, 2011.

__________________. Para Além do Capital. São Paulo: Boitempo, 2002.

_________________ .A teoria da alienação em Marx. São Paulo: Boitempo, 2007.

__________________. O poder da ideologia. São Paulo: Boitempo, 2004.

MONTAÑO, Carlos. Terceiro Setor e Questão Social: crítica ao padrão emergente de intervenção social. São Paulo: Cortez, 2002. 287 p.

MORAES, Reginaldo. Neoliberalismo: de onde vem, para onde vai? São Paulo: SENAC, 2001.

MORALES, Carlos Antonio. Nem privado nem estatal: em busca de uma nova estratégia para a provisão de serviços públicos. Revista do Serviço Público, ano 49, n. 4, out./dez. 1998.

MOTTA. Vânia Cardoso da. FRIGOTTO. Gaudêncio. Por que a urgência da reforma do Ensino Médio? Medida Provisória 746/2016 (LEI Nº 13.415/2017). Educação e Sociedade, Campinas, v. 38, nº. 139, p.355-372, abr.-jun., 2017.

PERONI, Vera Maria Vidal. Política educacional e papel do Estado no Brasil dos anos 90. São Paulo: Xamã, 2003.

______________________. Mudanças na configuração do Estado e sua influência na política educacional. In: PERONI, Vera; BAZZO, Vera Lúcia; PEGORARO Ludimar (Org.). Dilemas da educação brasileira em tempos de globalização neoliberal: entre o público e o privado. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2006. p. 11-24.

______________________. Reforma do Estado e a tensão entre o público e o privado. In: Revista SIMPE – RS, p. 11-33. Porto Alegre, 2007.

HARVEY, D. Redefinições no Papel do Estado e o Público Não-Estatal: implicações para a democratização de direitos materializados em políticas sociais. In: MACIEL, Ana Lúcia Suárez; BORDIN, Erica Bomfim (Org.). A Face Privada na Gestão das Políticas Públicas. Porto Alegre: FIJO, 2014. p. 182-209.

PERONI V. M; CAETANO, M. R. O público e o privado na educação Projetos em disputa? Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 9, n. 17, p. 337-352, jul./dez. 2015.

PERONI V. M. Implicações da relação público-privada para a democratização da educação no Brasil. In: PERONI, Vera Maria Vidal (Org.). Diálogos sobre as redefinições do papel do Estado e sobre as fronteiras entre o público e o privado. São Leopoldo: Oikos, 2015. p. 15-34.

ROBERTSON, S.; VERGER, A.A Origem das Parcerias Público-Privada na Governança Global da Educação. Educação e Sociedade, Campinas, v. 33, n. 121, p. 1133-1156, out./dez. 2012. Disponível em: . Acesso em: 22 nov. 2017.

SHIROMA.E. O.; CAMPOS, R. F., GARCIA, R. Decifrar textos para compreender a política: subsídios teórico-metodológicos para análise de documentos. Perspectiva, Florianópolis, v.23, n.2, jul/dez.2005.

THOMPSON, E. P. A miséria da teoria ou um planetário de erros. Rio de Janeiro: Zahar, 1981.

WOOD, E. M. Democracia contra capitalismo: a renovação do materialismo histórico. São Paulo: Boitempo, 2003.




DOI: https://doi.org/10.24115/S2446-6220201842463p.169-178

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

 

Esta obra está licenciado com uma Licença CreativeCommons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

ISSN:2446-6220

Indexadores/Indexing

 SEER - Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas *Google Acadêmico * Worldcat - Laplage em Revista * Diadorim * DOAJLatindex *Journal TOCS  *Livre - Revistas de Acesso Livre *Sumarios.org  *Portal de Periódicos CAPES/MEC *Open Academic Journal Index - OAJI *BASE - Bielefeld Academic Research Engine *Portal de Periódicos da UFSCAR *REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico) *MIAR- Information Matrix for the Analysis of Journals *Catálogo Colectivo do Reino Unido (COPAC) *ZDB - Catálogo Coletivo (Alemanha) *SHERPA ROMEO - Open Acess to research *Ulrichweb Global Serials Directory *RCAAP -Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal *ERIH PLUS - European Reference Index for the Humanities and the Social Sciences *ROAD - Directory of Open Acess Schorlay Resources *ISSN - International Standard Serial Number  (international Centre) - CLASE - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades - Clarivate Analytics - Edubase (SBU/UNICAMP) - IRESIE - Redalyc