A urbanidade problematizada nos diálogos entre o cinema e a cidade de Palmas

Sérgio Ricardo Soares

Resumo


A participação que uma pequena cinematografia tem a desempenhar no imaginário dos lugares periféricos é o principal interesse deste texto. Tomo como exemplo o caso da cidade de Palmas, capital do estado do Tocantins, e sua razoável produção de filmes que, no entanto, permanecem pouco conhecidos pelo próprio espectador local. A investigação, ancorada no conceito de geografias de cinema, leva em conta a característica de Palmas ser uma cidade muito nova e projetada, com a história marcada pelo personalismo político e com uma identidade forjada por uma história oficial muito propagada nos meios midiáticos hegemônicos. Questiona-se então se o cinema de pouca repercussão consegue desenvolver um outro discurso histórico menos comprometido com o poder instituído. Para tanto, proponho uma observação de Palmas, eu gosto de tu, primeiro longa-metragem produzido em Palmas a ser exibido comercialmente.


Palavras-chave


Cinema periférico. Palmas. Identidade. Geografias de cinema.

Texto completo:

PDF

Referências


CANCLINI, N. G. Culturas híbridas - estratégias para entrar e sair da modernidade. São Paulo: Edusp, 1997.

CANCLINI, N. G. Cidades e cidadãos imaginados pelos meios de comunicação. Opinião Pública, Campinas, v. 8, n. 1, p. 40-53, 2002.

DENNISON, S. World cinema: as novas cartografias do cinema mundial. Campinas: Papirus, 2013.

HJORT, M. Small cinemas: how they thrive and why they matter. Mediascape – UCLA´s Journal of Cinema and Media Studies. Los Angeles, 2011. Disponível em http://www.tft.ucla.edu/mediascape/Winter2011_SmallCinemas.html. Acesso em 20 out. 2017.

JESUS, J. Filme totalmente produzido no Tocantins estreia nos cinemas. G1 Tocantins. Palmas, 25 nov. 2014. Disponível em: < http://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/2014/11/pela-primeira-vez-filme-produzido-no-tocantins-estreia-nos-cinemas.html >. Acesso em 28 nov. 2017.

LYRA, B. Cinema periférico de bordas. Comunicação, mídia e consumo – Revista do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Práticas de Consumo ESPM, São Paulo, v. 6, n. 15, p. 31-47, 2009.

MOTTER, A. E. Representações da identidade do Tocantins na literatura e na imprensa (1989-2002) Tese (Doutorado em História). São Leopoldo: Unidade Acadêmica de Pesquisa e Pós-Graduação, Programa de Pós-Graduação em Pós-Graduação em História, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, 2010.

OLIVEIRA JUNIOR, W. M. de. Chuva de cinema – natureza e cultura urbanas. Tese (Doutorado em Educação). Campinas: Faculdade de Educação, Laboratório de Estudos Audiovisuais, Universidade Estadual de Campinas, 1999.

OLIVEIRA JUNIOR, W. M. de. O que seriam as geografias do cinema? Leituras Transdisciplinares de Telas e Textos, Belo Horizonte, v. 1, n. 2, p. 27-33, 2005.

PALMAS, eu gosto de tu. Superoitocine, 14 nov. 2014. Disponível em: < https://www.youtube.com/watch?v=x4d1JxkpGi8 >. Acesso em 29 nov. 2017.

REIS, P. O. B. Modernidades tardias no cerrado: discursos e práticas na história de Palmas-TO (1990, 2010). Tese (Doutorado em História). Rio de Janeiro: Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2011.

ROCHA, L. V.; SOARES, S. R.; ARAÚJO, V. T. Abrangências locais no jornalismo online do Tocantins. Comunicação & Inovação, São Caetano do Sul, v. 15, n. 29, p. 171-185, 2014.

ROCHA, A. A.; BUENO, Z. P. Cinema e a criação da identidade nacional na América Latina. Comunicologia, Brasília, v. 10, n. 1, p. 84-105, 2017.

SAMPAIO, S.; SCHEFER, R.; BLANK, T. Filmes utilitários, amadores, órfãos e efêmeros: repensando o cinema a partir dos “outros filmes”. Aniki, Lisboa, v. 3, n. 2, p. 200-213, 2016.

SILVA, V. C. P. Girassóis de pedra: imagens e metáforas de uma cidade em busca do tempo. Tese (Doutorado em Geografia). Presidente Prudente: Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista, 2008.

SILVA, T. V. Palmas, eu longe/gosto de tu!: produção e circulação de cinema no Tocantins. Dissertação (Mestrado em Cinema). Covilhã: Faculdade de Artes e Letras, Universidade da Beira Interior, 2017.

SOARES, S. R.; SOUZA, A. O lugar representado: o Tocantins no cinema de si mesmo. In: Encontro Nacional de História da Mídia, 8, 2011, Guarapuava. Anais eletrônicos... Porto Alegre: UFRGS, 2011. Disponível em: http://www.ufrgs.br/alcar/encontros-nacionais-1/encontros-nacionais/8o-encontro-2011/artigos/O%20lugar%20representado%20o%20Tocantins%20no%20cinema%20de%20si%20mesmo.pdf/view. Acesso em 29 nov. 2017.




DOI: https://doi.org/10.24115/S2446-6220201841443p.159-170

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

 

Esta obra está licenciado com uma Licença CreativeCommons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

ISSN:2446-6220

Indexadores/Indexing

 SEER - Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas *Google Acadêmico * Worldcat - Laplage em Revista * Diadorim * DOAJLatindex *Journal TOCS  *Livre - Revistas de Acesso Livre *Sumarios.org  *Portal de Periódicos CAPES/MEC *Open Academic Journal Index - OAJI *BASE - Bielefeld Academic Research Engine *Portal de Periódicos da UFSCAR *REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico) *MIAR- Information Matrix for the Analysis of Journals *Catálogo Colectivo do Reino Unido (COPAC) *ZDB - Catálogo Coletivo (Alemanha) *SHERPA ROMEO - Open Acess to research *Ulrichweb Global Serials Directory *RCAAP -Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal *ERIH PLUS - European Reference Index for the Humanities and the Social Sciences *ROAD - Directory of Open Acess Schorlay Resources *ISSN - International Standard Serial Number  (international Centre) - CLASE - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades - Clarivate Analytics (WEB OF SCIENCE)- Edubase (SBU/UNICAMP) - IRESIE - REDALYC