FORMAÇÃO DO PEDAGOGO PARA O USO EDUCACIONAL DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO: UMA REVISÃO DE LITERATURA (2006-2014)

Lucas Marfim, Lucila Pesce

Resumo


O presente artigo pretende realizar uma revisão da literatura acadêmica sobre a formação inicial do pedagogo para o uso das Tecnologias Digitais da Informação e da Comunicação (TDIC), no Brasil, produzida entre os anos de 2006 e 2014. A partir de critérios definidos, foram selecionados 13 trabalhos de diversas universidades do país, que apresentam as seguintes tendências: 1) as políticas de formação de professores têm sido marcadas pelo tecnicismo e fundamentadas no potencial de produtividade econômica; 2) a inserção das tecnologias no processo formativo docente tem sido permeada pelo caráter instrumental e seu lugar tem papel secundarizado; 3) as universidades, de modo geral, contribuem timidamente para experiências formativas imbricadas às TDIC; 4) uma sociedade permeada pela cultura digital demanda processos formativos em que as TDIC sejam consideradas mediadoras na produção e na apropriação de cultura.


Palavras-chave


Formação Inicial. Pedagogia. Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC).

Texto completo:

PDF

Referências


ADRIÃO, T. Educação e produtividade: a reforma do ensino paulista e a desobrigação do Estado. 1ª ed. São Paulo. Xamã, 2006.

ADORNO, T. W. e HORKHEIMER, M. Dialética do Esclarecimento: fragmentos filosóficos. Tradução de Guido Antônio de Almeida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar editora, 1985.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CP nº. 3/2006. Diretrizes curriculares da pedagogia. Brasília, DF, 2006.

CONFERÊNCIA NACIONAL DE EDUCAÇÃO (CONAE). Construindo o sistema Nacional Articulado de Educação: o Plano Nacional de Educação, diretrizes e estratégias - Documento Final, Volume I. Brasília, DF: MEC, 2014. Disponível em: Acesso em: 20 de abril de 2017.

CASTRO, A. P. e RIBEIRO, M. H. Perfil do professor na era da cibercultura: implicações para sua formação inicial. 2º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação. 2008. Disponível em: Acesso em: 20 de abril de 2017.

CORACINI, E. G. R. A formação de professores para o uso das tecnologias digitais nos cursos de pedagogia. 2010. 186 f. Dissertação. (Mestrado em Educação). Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2010.

ECO, U. (1996). From Internet to Gutenberg. Conferência proferida em 12 de novembro. The Italian Academy for Advanced Studies in America. Columbia University. Nova York, EUA. Disponível em: Acesso em: 20 de abril de 2017.

FERNANDES, O. P. O computador/internet na formação de pedagogos: um diálogo possível? In: Anais da 28ª ANPEd. Caxambu, 2006.

GAMA, G. S. A formação inicial de professores para o uso das TICs: um estudo exploratório do curso de pedagogia de duas universidades da cidade de São Paulo. 2009. Disponível em: Acesso em: 20 de abril de 2017.

GIROUX, H. A. Os professores como intelectuais: rumo a uma pedagogia crítica da aprendizagem. Tradução Daniel Bueno. 1ª ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

LARA, R. da C. Impressões digitais entre professores e estudantes: um estudo sobre o uso das TIC na formação inicial de professores nas universidades públicas de Santa Catarina. 2011. 154 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2011.

LEVY, P. As Tecnologias da Inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Trad. Irineu da Costa. Rio de Janeiro: Editora 34, 2010.

LOPES, R. P. Formação para uso das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação nas licenciaturas das Universidades Estaduais Paulistas. 2010. 224 f. Dissertação (mestrado). Universidade Estadual Paulista, São Paulo, 2010.

MARCUSE, H. Algumas Implicações Sociais da Tecnologia. In: Tecnologia, guerra e fascismo: coletânea de artigos de Herbert Marcuse. São Paulo. Editora UNESP, 1999.

NOVA, C.; ALVES, L. A Comunicação Digital e as Novas perspectivas para a educação. Disponível em: Acesso em: 20 de abril de 2017.

OLIVEIRA, M. C. Letramento digital em contexto de formação de professores: o curso de pedagogia da FACED/UFBA. 2013. 164 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2013.

PEREIRA, N. R. A Educomunicação na Pedagogia. Universidade Estadual de Campinas, Campinas - SP. Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da comunicação, XXXVI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Manaus, AM – 4 a 7/9/2013. Disponível em: . Acesso em: 20 de abril de 2017.

ROLDÃO, M. do C. Função docente: natureza e construção do conhecimento profissional. Revista Brasileira de Educação, v. 12, n. 34, p.94-103, jan./abr., 2007.

SANTAELLA, L. Potenciais e desafios da sociedade informacional. 2005. Disponível em: < http://www.crics.info/program/public/documents/salvadorsantaella-141327.pdf> Acesso em: 20 de abril de 2017.

SANTOS, E. T. A formação dos professores para o uso das tecnologias digitais nos GTs Formação de Professores e Educação e Comunicação da ANPEd – 2000 a 2008. 32ª Reunião Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação, v. 32, p. 1-15, 2009.

SAVIANI, D. Escola e democracia. 23º edição. Cortez, São Paulo. 1991.

SOUZA, A. de G. Entre a teoria e pratica: a inserção das tecnologias da informação e Comunicação (TIC) na formação docente inicial da Universidade Estadual de Feira de Santana. 2013. 98 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Tiradentes, Aracaju, 2013.

SILVA, A. M. O Computador na Educação e a Formação Docente: Perspectivas de Professores dos anos iniciais do Ensino Fundamental. 36ª Reunião Nacional da ANPEd. 2013.

SILVA, M. M. e DE SORDI, M. R. L. A organização do trabalho pedagógico: limites e possibilidades do curso de pedagogia. 29º Reunião Anual da ANPEd. Caxambu: MG: ANPED, 2006.

XAVIER, A. C. Leitura, texto e hipertexto. In: MARCUSCHI, L. A. e XAVIER, A. C. (orgs.). Hipertexto e gêneros digitais: novas formas de construção do sentido. 2ª ed. - Rio de Janeiro: Lucerna, 2005. p. 170-180.

VIEIRA, S. da R. Diretrizes Curriculares para o curso de Pedagogia: pedagogo, docente ou professor?. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação) – PPGE/CED, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis. 2007.




DOI: https://doi.org/10.24115/S2446-6220201732339p.9-23



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

 

Esta obra está licenciado com uma Licença CreativeCommons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

ISSN:2446-6220

Indexadores/Indexing

 SEER - Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas *Google Acadêmico * Worldcat - Laplage em Revista * Diadorim * DOAJLatindex *Journal TOCS  *Livre - Revistas de Acesso Livre *Sumarios.org  *Portal de Periódicos CAPES/MEC *Open Academic Journal Index - OAJI *BASE - Bielefeld Academic Research Engine *Portal de Periódicos da UFSCAR *REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico) *MIAR- Information Matrix for the Analysis of Journals *Catálogo Colectivo do Reino Unido (COPAC) *ZDB - Catálogo Coletivo (Alemanha) *SHERPA ROMEO - Open Acess to research *Ulrichweb Global Serials Directory *RCAAP -Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal *ERIH PLUS - European Reference Index for the Humanities and the Social Sciences *ROAD - Directory of Open Acess Schorlay Resources *ISSN - International Standard Serial Number  (international Centre) - CLASE - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades - Clarivate Analytics - Edubase (SBU/UNICAMP)