Crianças e adolescentes afrodescendentes e o sistema de proteção integral

João Clemente de Souza Neto

Resumo


Este artigo tem a finalidade de apontar a persistência de uma política de genocídio ancorada nas políticas públicas e no sistema de garantia de direitos voltado à criança e ao adolescente. Se de um lado os direitos são resultado das lutas dos movimentos das camadas populares, do negro, da mulher, da criança, adolescente e juventude, dos sem-terra, sem moradia e outros, por outro lado, o mercado, os grupos dominantes, os políticos e o próprio Governo apropriam-se desses direitos a seu favor e em detrimento da população que deles necessita. Esta realidade vem à tona quando analisamos os dados referentes à situação da criança e do adolescente afrodescendentes. Dados estatísticos, documentos públicos ou não e minha experiência como professor, pesquisador e militante desta área constituem a base metodológica deste artigo.


Palavras-chave


Adolescente. Direitos humanos. Afrodescendente. Genocídio. Políticas públicas.

Texto completo:

PDF

Referências


BARBOSA, L. M. de A. et al. De preto a afrodescendente: trajetos de pesquisa sobre relações étnico-raciais no Brasil. São Carlos: EdUfscar, 2004.

BOURDIEU, P. Questões de sociologia. Tradução: Jeni Vaitsman. Rio de Janeiro: Marco Zero, 1983.

FOUCAULT, M. Em defesa da sociedade. Tradução: Maria Ermantina Galvão. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

GONÇALVES, L. A. O. “De preto a afrodescendente: da cor da pele à categorias científica.” In: BARBOSA, Lúcia Maria de Assunção et al. De preto a afrodescendente: trajetos de pesquisa sobre relações étnico-raciais no Brasil. São Carlos: EdUfscar, 2004, p 15-24.

IANNI, O. (org.). “Marx”. Coleção Grandes Cientistas Sociais. São Paulo: Ática, 1982.

LUKÁCS, G. História e consciência de classe. Porto: Escorpião, 1974.

MESZÁROS, I. Para além do capital: rumo a uma teoria da transição. Tradução: Paulo César Castanheira e Sérgio Lessa. São Paulo: Boitempo, 2011.

OLIVEIRA, F. Os direitos do antivalor. Rio de Janeiro: Vozes, 1998.

SENKEVICS, A. Epidemia de mortes de jovens negros e pobres no Brasil. Disponível em: https://ensaiosdegenero.wordpress.com/2013/11/13/epidemia-de-mortes-de-jovens-negros-e-pobres-no-brasil/ (acesso em 08/01/2014).

SOUZA NETO, J. C. de.. De menor a cidadão: filantropia, genocídio, políticas assistenciais. São Paulo: Nuestra America, 1993.

WACQUANT, L. “O lugar da prisão na nova administração da pobreza.” In Revista Novos Estudos, CEBRAP, no. 80, São Paulo, março, 2008, p. 9-19.




DOI: https://doi.org/10.24115/S2446-6220201623199p.122-135

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

 

Esta obra está licenciado com uma Licença CreativeCommons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

ISSN:2446-6220

Indexadores/Indexing

 SEER - Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas *Google Acadêmico * Worldcat - Laplage em Revista * Diadorim * DOAJLatindex *Journal TOCS  *Livre - Revistas de Acesso Livre *Sumarios.org  *Portal de Periódicos CAPES/MEC *Open Academic Journal Index - OAJI *BASE - Bielefeld Academic Research Engine *Portal de Periódicos da UFSCAR *REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico) *MIAR- Information Matrix for the Analysis of Journals *Catálogo Colectivo do Reino Unido (COPAC) *ZDB - Catálogo Coletivo (Alemanha) *SHERPA ROMEO - Open Acess to research *Ulrichweb Global Serials Directory *RCAAP -Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal *ERIH PLUS - European Reference Index for the Humanities and the Social Sciences *ROAD - Directory of Open Acess Schorlay Resources *ISSN - International Standard Serial Number  (international Centre) - CLASE - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades - Clarivate Analytics (WEB OF SCIENCE)- Edubase (SBU/UNICAMP) - IRESIE - REDALYC