Estado, globalização e políticas públicas de educação: um estudo das políticas educacionais de São Paulo a partir da década de 1990

Mauro Lima de Paula

Resumo


O objetivo deste artigo é discutir as novas formas de atuação do Estado contemporâneo especialmente no tocante à configuração das políticas públicas de educação no Brasil a partir da década de 1990 inseridas no contexto da chamada globalização e das reformas neoliberais, bem como, de forma mais específica, analisar as políticas educacionais implementadas no estado de São Paulo durante o mesmo período. Para tanto, dividimos este trabalho em duas partes. Na primeira, apresentamos uma discussão conceitual sobre os elementos centrais que compõem texto, quais sejam, Estado, Globalização e Neoliberalismo e suas relações com as políticas públicas à luz do debate marxista atual. Numa segunda etapa, pretendemos apresentar um mapeamento das políticas educacionais realizadas pelo estado de São Paulo a partir dos anos 1990 e sua relação com estes elementos chaves na elaboração e implementação destas. 


Palavras-chave


Estado. Políticas Educacionais. Neoliberalismo. Globalização.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDERSON, P. Balanço do Neoliberalismo. In: SADER, Emir; GENTILI, Pablo (Orgs.). Pós-Neoliberalismo – as políticas sociais e o Estado democrático. 5ª Ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2000.

ANDRIOLI, A. I. O que haveria de positivo no neoliberalismo? In: Correio da Cidadania, São Paulo, 13 a 20 de novembro de 1999.

AZEVEDO, J. M. L. A Educação como política pública. 3ª Ed. Campinas: Autores Associados, 2004.

BRASIL, Lei Federal nº 9.424/96 do Fundo para o desenvolvimento do ensino fundamental e valorização do magistério – FUNDEF.

CARNOY, M. Estado e teoria política. (equipe de trad. PUCCAMP) 2ª Ed. Campinas: Papirus, 1998.

FRIEDMAN, M; FRIEDMAN, R. D. Capitalismo e liberdade. São Paulo: Abril Cultural, 1984.

FRIGOTTO, G. Os delírios da razão: crise do capital e metamorfose conceitual no campo educacional. In: GENTILI, P. (Org.). Pedagogia da exclusão: crítica ao neoliberalismo em educação. Tradução: Vania Paganini Thurler; Tomaz Tadeu da Silva. 7ª ed. Petrópolis: Vozes, 2000. (Coleção Estudos Culturais em Educação) p. 77-108.

GENTILI, P. Adeus à Escola Pública: a desordem neoliberal, a violência do mercado e o destino da educação das maiorias. In: GENTILI, P. (Org.). Pedagogia da exclusão: crítica ao neoliberalismo em educação. Tradução: Vania Paganini Thurler; Tomaz Tadeu da Silva. 7ª ed. Petrópolis: Vozes, 2000. (Coleção Estudos Culturais em Educação) p. 229-252.

HAYEK, F.A. O caminho da servidão. 6ª ed. São Paulo: Instituto Ludwig von Mises. Brasil, 2010.

HOFLING, E.M. Estado e Políticas (Públicas) Sociais. Cadernos Cedes, ano XXI, nº 55, novembro/2001.

JESSOP, B. A globalização e o Estado nacional. Simpósio “Miliband and Poulantzas in retrospect na prospect”. New York: 1997.

PALUMBO, D. J. A Abordagem de Política Pública para o Desenvolvimento Político na América. In: The Public Policy Approach to understanding politcs in America. Public Policyin America – Govermment in Action. Tradução de Adriana Farah Harcourt Brace & Company. Tradução de Adriana Farah. 2ª ed, 1994.

SANTOS, MILTON. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. 6ª Ed. Rio de Janeiro: Record, 2001.

SANTOS, R; ANDRIOLI, A.I. Educação, Globalização e Neoliberalismo: o debate precisa continuar. Disponível em: http://www.rieoei.org/edu_des2.htm. Acessado em 14/12/2008.

SÃO PAULO. Secretaria de Estado da Educação. Comunicado SE de 22 de março de 1995. Publicado no DOE em 23.03.95.

SÃO PAULO. Secretaria de Estado da Educação. Descentralização e reformas do ensino fundamental: unindo forças para construir, com sucesso, uma escola de cara nova para São Paulo/ Secretaria de Estado da Educação, FUNDAP - São Paulo: SE, 1998.

SÃO PAULO. Secretaria de Estado da Educação. Política educacional da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, 2002.

SÃO PAULO. Secretaria de Estado da Educação. Política educacional da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, 2005.

SÃO PAULO. Secretaria de Estado da Educação. Política educacional da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, 2007.

SÃO PAULO. Secretaria de Estado da Educação. Política educacional da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo. Programa + Qualidade na Escola, 2009.




DOI: https://doi.org/10.24115/S2446-6220201621124p.127-137

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

 

Esta obra está licenciado com uma Licença CreativeCommons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

ISSN:2446-6220

Indexadores/Indexing

 SEER - Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas *Google Acadêmico * Worldcat - Laplage em Revista * Diadorim * DOAJLatindex *Journal TOCS  *Livre - Revistas de Acesso Livre *Sumarios.org  *Portal de Periódicos CAPES/MEC *Open Academic Journal Index - OAJI *BASE - Bielefeld Academic Research Engine *Portal de Periódicos da UFSCAR *REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico) *MIAR- Information Matrix for the Analysis of Journals *Catálogo Colectivo do Reino Unido (COPAC) *ZDB - Catálogo Coletivo (Alemanha) *SHERPA ROMEO - Open Acess to research *Ulrichweb Global Serials Directory *RCAAP -Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal *ERIH PLUS - European Reference Index for the Humanities and the Social Sciences *ROAD - Directory of Open Acess Schorlay Resources *ISSN - International Standard Serial Number  (international Centre) - CLASE - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades - Clarivate Analytics (WEB OF SCIENCE)- Edubase (SBU/UNICAMP) - IRESIE - REDALYC