Educação de adultos: de onde viemos e para onde vamos?

Carine Schenekenberg Guedes, Armando de Paulo Ferreira Loureiro

Resumo


Este artigo tem como escopo apresentar uma abordagem histórica da educação dando destaque às iniciativas da UNESCO diante da realização das Conferências Internacionais de Educação de Adultos, as CONFINTEAS. Partindo do princípio de que para entendermos a história da educação de adultos faz-se necessário refletir sobre o conceito que lhe é atribuído, o texto que ora apresentamos está organizado da seguinte forma: de início procuramos refletir sobre o conceito de educação de adultos e as dimensões que esse abarca. Na sequência abordamos a história da educação de adultos desde a antiguidade até o período que antecede a Segunda Guerra Mundial. Em seguida, abordamos os diferentes contornos que a educação de adultos assume dentro dos documentos resultantes as CONFINTEAS. Encerramos não com uma conclusão, mas com algumas indagações no sentido de provocar reflexões sobre as perspectivas da educação de adultos neste início do século XXI.


Palavras-chave


Educação de adultos. Educação permanente. Aprendizagem ao longo da vida.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, N.; CANÁRIO, R., MELO; A DE., FRAGOSO; A., CAVACO, C.; GUIMARÃES, P. Aprender sempre. Educação da população adulta para a cidadania participativa e responsável. Pensar em Portugal – 2015, Lisboa: Grupo Economia & Sociedade, 2014.

BARBOSA, F. A educação de adultos. Uma visão crítica. Porto: Estratégias Criativas, 2004.

BARROS, R. Genealogia dos conceitos em Educação de Adultos: Da Educação Permanente à Aprendizagem ao Longo da Vida – Um estudo sobre os fundamentos político-pedagógicos da prática educacional. Lisboa: Chiado Editora, 2011.

BHOLA, H. S. Tendances et perspectives mondiales de l’éducation des adultes. Paris: UNESCO, 1989.

CANÁRIO, R. Educação de adultos: um campo e uma problemática. Lisboa: EDUCA,1999.

CANÁRIO, R. Novos (des)caminhos da Educação de Adultos? Perspectiva, 31 (2) p. 555-570, 2013

CARVALHO, M. Formação de professores em educação de adultos. Estudo de caso: O Ensino Recorrente na Escola Secundária Rodrigues de Freitas. Tese de doutoramento. Universidade de Santiago de Compostela, 2007.

DOMINGUEZ, P. Sociología de la educación permanente y continua. In P. Estébanez & J. Vidal (Eds.). Sociología de la educación. Valencia: Nau Llibres, p. 273-290, 2000.

FERNANDEZ, S. (Coord.). La Formación en educación de personas adultas. Madrid: UNED-MEC, 1995.

FRITSCH, P. L’Éducation des adultes. École Pratique des Hautes Études: Mouton Library. Paris, 1971.

GALVÁN, C. La educación de jóvenes y adultos. Disponível em: . Acesso em: 4 março de 2015.

GADOTTI, M. Educação de adultos como direito humano. São Paulo: Editora e Livraria Instituto Paulo Freire, 2009.

GOMES, I. Movimento pela educação de jovens e adultos nas Confinteas e seus desafios para a política educacional, Tese de doutorado - Universidade Federal de Belém do Pará, Pará, 2012.

IRELAND, T. Revisitando a CONFINTEA: sessenta anos de defesa e promoção da educação de adultos. Revista Brasileira de Educação de Jovens e Adultos, v1, n 1, p. 11-34, 2013.

KNOWLES, M. The adult learner: A Neglected Species. American Society for Training and Development. Madison, 1973.

LIMA, L. Educação ao longo da vida, entre a mão direita e esquerda de Miró. São Paulo: Cortez Editora, 2007.

LOUREIRO, A. O trabalho, o conhecimento, os saberes e as aprendizagens dos técnicos de educação de adultos numa ONGDL: contribuições etnográficas para uma renovação da sociologia da educação, Tese de doutorado - Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Vila Real, Portugal, 2006.

LOUREIRO, A. As organizações não governamentais de desenvolvimento local e sua prática educativa de adultos: uma análise no norte de Portugal. Revista Brasileira de Educação, v. 13, nº 38, pp. 221-238, 2008.

MANACORDA, M. A. História da educação: da antiguidade aos nossos dias. 10a ed. São Paulo: Cortez, 2002.

MELO, A. Educação de Adultos: Conceitos e Práticas. In Maria Silva (coord.) O sistema de ensino em Portugal. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2002.

OSÓRIO, A. R. Animação sociocultural e educação de adultos. In: Trilla, Jaume (Coord.). Animação sociocultural. Lisboa: Instituto Piaget, p. 235, 2004.

PROENÇA, M. Educação de Adultos: uma introdução ao conceito e às práticas. In: Projecto” Centro social renascer-Assitência técnica à inserção da mulher e da criança de rua afectada pelo fenómeno da prostituição no Lobito”. Equipa de formadores do curso de educares sociais realizado no âmbito do presente projecto. Educação social: âmbitos e práticas. Instituto Português de apoio ao desenvolvimento. P. 25-34, 2011.

QUINTAS, H. Educação de adultos: vida no currículo e currículo na vida. Lisboa: ANQ, 2008.

SANTOS, B. de S. Pela mão de Alice: o social e o político na pós-modernidade. São Paulo: Cortez Editora, 1995.

SANTOS, B. de S.; Meneses, M. P. (Orgs.) Epistemologias do Sul. São Paulo: Cortez, 2010.

SILVA, A. S. Educação de adultos. Educação para o desenvolvimento. Porto: Edições ASA., 2003.

SILVA, A. S. Curso de pedagogia no Brasil: história e identidade. São Paulo: Editora Autores Associados., 1990.

SOARES, L. J.G. (Org.) Formação de educadores de jovens e adultos. Belo Horizonte: Autêntica, /SECAD-MEC/UNESCO, 2006.

UNESCO. Recommendation on the development of adult education, adopted by the General Conference at its nineteenth session. Nairobi, 26 Nov. 1976. Paris: UNESCO, 1976. Disponível em: .Acesso em: 30 de novembro de 2015.

VALLE, A. del. La educación de las personas adultas: temporalidad y universidad. Revista Educación – PUC del Perú, v. 9, n. 18, 2000. Disponível em: . Acesso em: 4 mar. 2015.




DOI: https://doi.org/10.24115/S2446-6220201621116p.7-21

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

 

Esta obra está licenciado com uma Licença CreativeCommons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

ISSN:2446-6220

Indexadores/Indexing

 SEER - Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas *Google Acadêmico * Worldcat - Laplage em Revista * Diadorim * DOAJLatindex *Journal TOCS  *Livre - Revistas de Acesso Livre *Sumarios.org  *Portal de Periódicos CAPES/MEC *Open Academic Journal Index - OAJI *BASE - Bielefeld Academic Research Engine *Portal de Periódicos da UFSCAR *REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico) *MIAR- Information Matrix for the Analysis of Journals *Catálogo Colectivo do Reino Unido (COPAC) *ZDB - Catálogo Coletivo (Alemanha) *SHERPA ROMEO - Open Acess to research *Ulrichweb Global Serials Directory *RCAAP -Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal *ERIH PLUS - European Reference Index for the Humanities and the Social Sciences *ROAD - Directory of Open Acess Schorlay Resources *ISSN - International Standard Serial Number  (international Centre) - CLASE - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades - Clarivate Analytics (WEB OF SCIENCE)- Edubase (SBU/UNICAMP) - IRESIE - REDALYC